Sobre o catolicismo

Início » Orações e Terços

Arquivo da categoria: Orações e Terços

Hino a São Judas Tadeu

Hino de São Judas Tadeu ( Retirado do site da Paróquia-Santuário São Judas Tadeu – Jabaquara – SP

Rogamos-te patrono
a tua intercessão,
Nas dores, no abandono,
nas penas, na aflição.

São Judas consola
os pobres filhos teus,
Que esperam, suplicam
a paz, o amor de Deus!

O teu nome esquecido,
queremos relembrar.
Torná-lo mui querido,
fazê-lo retumbar.

Se chora a nossa alma
premida pela dor,
A suspirada calma
derramas com amor.

Atende os nossos votos
o céu é que nos diz,
A graça aos teus devotos
o teu Jesus prediz.

O Terço da Misericódia

 

 

Este Terço foi ensinado pelo próprio Jesus à Santa Faustina

É rápido para rezar e recebemos (se tivermos fé) muitas graças, das mais

simples as mais complexas. Principalmente  em favor dos agonizantes e doentes. Eu mesmo já recebi muitas graças através deste

Terço. É uma das Novas formas de prestar honra à Divina misericórdia (Este link direciona para o site das Irmãs de Jesus Misericordioso, no artigo em que estão colocadas varias maneiras de honrar a Misericórdia Divina, muito interessante)

Logo abaixo como rezá-lo e a imagem de Jesus Misericordioso  (texto e imagem retirado do site http://www.jesus-misericordioso.com/ , da Congregação das Irmãs de Jesus Misericordioso. Nele existe muito material interessante)

Em negrito a fala de Jesus e como rezar (leia tudo, se puder, é muito bonito, mostra a misericórdia de Deus).

“Vilna, Lituânia, na sexta-feira 13.09.1935.
À noite, quando me encontrava na minha cela, vi o Anjo executor da ira de Deus.
Estava vestido de branco, o rosto radiante e uma nuvem a seus pés. Da nuvem saíam trovões e relâmpagos para as suas mãos e delas só então atingiam a Terra. Quando vi esse sinal da ira de Deus, que deveria atingir a Terra, e especialmente um determinado lugar que não posso mencionar por motivos bem compreensíveis, comecei a pedir ao Anjo que se detivesse por alguns momentos, pois o mundo faria penitência. Mas o meu pedido de nada valeu perante a cólera de Deus.
(…) Porém, nesse mesmo momento senti em mim a força da graça de Jesus que reside na minha alma; e, quando me veio a consciência dessa graça, imediatamente fui arrebatada até o Trono de Deus. (…) Comecei, então, a suplicar a Deus pelo Mundo com palavras ouvidas interiormente.
Quando assim rezava, vi a impossibilidade do Anjo em poder executar aquele justo castigo, merecido por causa dos pecados. Nunca tinha rezado com tanta força interior como naquela ocasião. As palavras com que suplicava a Deus eram as seguintes:
Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro; pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós. No dia seguinte pela manhã, quando entrei na nossa capela, ouvi interiormente estas palavras: Toda vez que entrares na capela, reza logo essa oração que te ensinei ontem. Quando rezei essa oração, ouvi na alma estas palavras: Essa oração serve para aplacar a Minha ira. Tu a recitarás por nove dias, por meio do Terço do Rosário da seguinte maneira: Primeiro dirás o “Pai Nosso”, a “Ave Maria” e o “Credo”. Depois, nas contas de “Pai Nosso”, dirás as seguintes palavras: Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e Sangue, Alma e Divindade de Vosso diletíssimo Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e do mundo inteiro. Nas contas de “Ave Maria” rezarás as seguintes palavras: Pela Sua dolorosa Paixão, tende misericórdia de nós e do mundo inteiro. No fim, rezarás três vezes estas palavras: Deus Santo, Deus Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro” (Diário, 474- 476).

Jesus, eu confio em Vós


“Por meio
dessa Imagem concederei muitas graças às almas;
que toda alma tenha,
por isso,
acesso a ela”
(Diário 570).